DP-Remoto - Assessoria e Consultoria em Departamento Pessoal

Podemos dizer que o ASO (Atestado de Saúde Ocupacional) está ligado com a gestão da qualidade de vida e do bem-estar dos colaboradores da empresa.

Visto que, as informações obtidas por meio desse documento, criam um panorama sobre a saúde de cada profissional, levando as organizações a adotar práticas internas importantes.

Neste artigo, explicaremos com mais detalhes sobre a finalidade, os tipos, a importância e as regras legais do ASO.

 

Afinal: o que é ASO (Atestado de Saúde Ocupacional)?

Dito de forma simples, o Atestado de Saúde Ocupacional é um documento que apresenta uma avaliação médica sobre um colaborador ou profissional que será admitido, demitido ou faz parte do time da empresa.

Além de mostrar o estado de saúde, o ASO indica se o trabalhador está apto ou não para exercer determinada função.

Esse é um dos documentos que compõem o Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional (PCMSO). Além disso, o ASO é obrigatório – de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) – e deve ser emitido em duas vias: uma para a empresa e outra para o colaborador.

Outra legislação que trata das regras do ASO é a Norma Regulamentadora (NR-7) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Quanto às informações que integram o Atestado de Saúde Ocupacional, podemos citar:

  • Nome completo do colaborador, o número da identidade (RG) e cargo ou função desempenhada na organização;
    Exames médicos que o trabalhador foi submetido e a data em que foram realizados;
  • Nome do médico coordenador e o número dele no Conselho Regional de Medicina (CRM) – se necessário;
  • Nome do médico que realizou o exame, bem como o endereço, telefone de contato, assinatura e carimbo com o número de inscrição no CRM;
  • Os riscos ocupacionais, ou a ausência deles, na função exercida pelo colaborador – segundo as instruções técnicas divulgadas pela Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho (SSST);
  • Constatação de apto ou inapto para a função que será ou é exercida pelo profissional.

 

Existem vários tipos de ASO!

As empresas podem utilizar diversos tipos de Atestados de Saúde Ocupacional. Vejamos os principais:

  • Admissional – utilizado para comprovar a aptidão física ou mental de um profissional para exercer determinada função;
  • Demissional – indica que o estado de saúde do trabalhador não foi alterado durante o período que trabalhou na empresa;
  • Periódico – mostra como está a saúde do colaborador enquanto no exercício de suas funções;
  • Retorno ao trabalho – emitido para profissionais que retornam às atividades após um tempo de afastamento de 30 ou mais dias;
  • Mudança de função – exigido para profissionais que mudam de atividade dentro da empresa. Porém, para ser necessário o ASO, a nova função precisa apresentar riscos e condições de trabalhos diferentes da anterior.

 

Existem validades para esses atestados?

O Atestado de Saúde Ocupacional tem prazos de validade definidos na legislação. Esses prazos variam conforme o tipo do documento. Por exemplo, o ASO:

  • Admissional deve ser realizado antes da admissão de um profissional;
  • Demissional é feito antes da homologação da rescisão contratual. Caso o ASO do exame periódico tenha sido emitido nos últimos 90 dias (para profissões com grau de risco nível 3 e 4) ou 135 dias (para profissões com grau de risco nível 1 e 2), não é necessário emitir um novo documento;
  • Periódico – no geral, é realizado a cada um ou dois anos. Porém, o prazo pode variar dependendo da empresa e das atividades realizadas pelos colaboradores;
  • Mudança de função – como dito no tópico anterior, esse tipo de ASO só é emitido quando o colaborador é alocado em uma nova função com riscos diferentes da anterior. Portanto, não há um prazo de validade, mas deve ser emitido antes do colaborador iniciar a nova atividade;
  • Retorno ao trabalho – também realizado antes do início das funções laborais.

 

Por que o Atestado de Saúde Ocupacional é tão importante?

Quando a empresa se preocupa com o controle e a emissão do ASO, obtêm os seguintes benefícios:

  • Evita penalidades jurídicas, como processos e multas por descumprimento da lei;
  • Contrata profissionais aptos para os cargos e funções, além de bom desempenho individual;
  • Admite profissionais com deficiência de acordo com as suas aptidões físicas;
  • Monitora a saúde mental e física dos colaboradores, elevando a qualidade de vida das equipes;
  • Reduz a taxa de absenteísmo (faltas ao trabalho), pois ajuda os profissionais a cuidarem mais da saúde;
  • Melhora a employer branding (marca empregadora), visto que a empresa se preocupa com o bem-estar dos profissionais internos;
  • Eleva a produtividade dos colaboradores.

 

Quais são as obrigações da empresa e do funcionário?

É importante lembrar que todos esses tipos de atestados são gerenciados e custeados pela empresa. Cabe ao colaborador a responsabilidade de comparecer no dia e horário agendado para a realização dos exames ocupacionais.

De acordo com a lei n0 9.029/1995, existem alguns tipos de exames que não podem ser solicitados para a emissão do ASO, pois dão margem para atitudes discriminatórias. São eles:

  • Teste de gravidez;
  • HIV;
  • Toxicológico;
  • Esterilização.

Outro cuidado que as empresas devem ter é em relação ao armazenamento do Atestado de Saúde Ocupacional. Segundo a legislação, ele será mantido no prontuário médico do respectivo funcionário por até 20 anos.

Sem dúvidas, o ASO é um documento que promove a saúde dentro da organização. Seguindo as regras da legislação, a empresa terá um time de colaboradores mais saudáveis que entregarão excelentes resultados em seus serviços.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Configurações de privacidade
Usamos cookies para melhorar sua experiência ao usar nosso site. Se estiver usando nossos Serviços por meio de um navegador, você pode restringir, bloquear ou remover cookies nas configurações do seu navegador. Também usamos conteúdo e scripts de terceiros que podem usar tecnologias de rastreamento. Você pode fornecer seu consentimento seletivamente abaixo para permitir tais incorporações de terceiros. Para obter informações completas sobre os cookies que usamos, dados que coletamos e como os processamos.
Youtube
Consentimento para exibir conteúdo de - Youtube
Vimeo
Consentimento para exibir conteúdo de - Vimeo
Google Maps
Consentimento para exibir conteúdo de - Google
Spotify
Consentimento para exibir conteúdo de - Spotify
Sound Cloud
Consentimento para exibir conteúdo de - Sound
blog
×

Olá, seja bem vindo!

Fale conosco ou envie um e-mail para
comercial@dp-remoto.com.br

 

ATENÇÃO: Apenas contato comercial.

× Posso ajudar?