DP-Remoto - Assessoria e Consultoria em Departamento Pessoal

Você sabia que o salário equivale a apenas 32% do custo real de um empregado?

É isso mesmo, o restante da porcentagem equivale aos benefícios e os encargos sociais e trabalhistas.

Ter um amplo conhecimento dos valores que definem o real custo de um funcionário é imprescindível para que a empresa cresça com a melhor relação custo-benefício.

DP-Remoto - Assessoria e Consultoria em Departamento Pessoal

Os custos extras começam com a obrigações coletivas, que englobam o vale-transporte e o vale-alimentação.

Para chegar à quantia do vale-transporte é necessário fazer um cálculo com o valor médio da passagem do transporte que o funcionário utiliza para se deslocar até o trabalho.

O vale-transporte não estão incluso no salário do trabalhador, porém a legislação prediz que o empregado deve contribuir com 6% da remuneração.

A quantia do vale-refeição é determinada pelo sindicato dos trabalhadores, conforme a categoria, e o funcionário assume 20% do valor estabelecido.

Muitos profissionais da área não lembram de considerar os encargos sociais quando pensam no valor de um novo empregado para a empresa.

Mas isso é um grande erro.

No momento de contratação, o dono da entidade tem que assumir 37% do valor do salário líquido com os encargos sociais.

Dessa porcentagem, 29% serão destinadas apenas para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e os restantes 8% do custo referem-se ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)

Ainda não acabou. Também devem ser levados em consideração os gastos periódicos, que acontecem anualmente, como as férias e o décimo terceiro.

Na prática, a empresa assume com 8,33% por mês, mais o adicional de ⅓ das férias, para chegar ao valor total no final de 12 meses.

Também são relevantes para cálculo, os custos adicionais não periódicos, que incluem custeio de uniformes, afastamentos por licença-maternidade ou licença-paternidade.

Esses adicionais correspondem a 1% do custo, ainda tendo que contar ausência por doença ou acidente de trabalho, que dificilmente passam de 2% do custo total.

Lembre-se que existem diferentes regimes tributários e diferentes tipos de contratação, que possuem regras específicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Configurações de privacidade
Usamos cookies para melhorar sua experiência ao usar nosso site. Se estiver usando nossos Serviços por meio de um navegador, você pode restringir, bloquear ou remover cookies nas configurações do seu navegador. Também usamos conteúdo e scripts de terceiros que podem usar tecnologias de rastreamento. Você pode fornecer seu consentimento seletivamente abaixo para permitir tais incorporações de terceiros. Para obter informações completas sobre os cookies que usamos, dados que coletamos e como os processamos.
Youtube
Consentimento para exibir conteúdo de - Youtube
Vimeo
Consentimento para exibir conteúdo de - Vimeo
Google Maps
Consentimento para exibir conteúdo de - Google
Spotify
Consentimento para exibir conteúdo de - Spotify
Sound Cloud
Consentimento para exibir conteúdo de - Sound
blog
×

Olá, seja bem vindo!

Fale conosco ou envie um e-mail para
comercial@dp-remoto.com.br

 

ATENÇÃO: Apenas contato comercial.

× Posso ajudar?